Conheça os Benefícios e para que serve o Chá de Cavalinha

O consumo regular dos chás é uma tradição em vários locais do mundo, por diversos séculos. Existem diversas ervas, com inúmeras propriedades e benefícios para o organismo. O chá é a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para a água. Entre os maiores consumidores de chá estão Índia, Paquistão, Bangladesh, Sri Lanka, Turquia, Marrocos, Rússia, China, Irlanda, Estados Unidos da América e Reino Unido.

De acordo com a lenda, a origem do chá foi ao acaso. Na história, o imperador chinês Shen Nung e a sua corte estavam fazendo uma pausa durante uma viagem e, enquanto esperavam que os criados fervessem água para beber, algumas folhas de um arbusto teriam caído dentro da mesma, produzindo um líquido acastanhado e perfumado que o imperador provou, gostou e rapidamente divulgou, isso aconteceu no ano 2737 a.C.

Todos os tipos de chá são provenientes de uma única espécie de planta – a Camellia Sinensis e uma única planta pode produzir folhas de chá durante cerca de 50 anos. O que pode variar é o processo de crescimento e a oxidação ou não das folhas. No mercado, existem mais de 3 mil variedades de chá.

A cavalinha é uma planta tradicionalmente usada para fins medicinais, é muito consumida por quem pretende emagrecer e quem deseja aproveitar todas as propriedades terapêuticas desta erva. Seu nome científico é Equisetum arvense L, e é considerado um dos seres vivos mais antigos da Terra, do período Paleozóico. A cavalinha é de origem europeia, e já foi utilizada para diversas finalidades, inclusive o polimento de madeira por conter um alto teor de silício.

Quando uma pessoa deseja emagrecer, ela deve ter em mente que o chá é apenas um impulsionar deste processo, ele serve como um aliado, que junto com outros fatores levarão à perda de peso. Para que o emagrecimento ocorra são necessárias algumas mudanças na rotina: alimentação balanceada, evitar frituras, gorduras, açúcar, produtos industrializados, refrigerantes, bebidas alcóolicas e devem ser incluídos no cardápio frutas, legumes, verduras, hortaliças e sementes. Além disso, é indispensável exercícios físicos regulares, no mínimo 40 minutos, 3 vezes por semana. Não é necessário frequentar uma academia ou ter um personal trainer para realizar exercícios físicos, existem diversos treinos que podem ser feitos no conforto do seu lar ou exercícios que podem ser feitos ao ar livre (caminhada, corrida, bicicleta, patins). Mantendo uma vida mais saudável o chá pode auxiliar nesse processo, e acelerar a queima de gordura. Confira abaixo todos os benefícios do chá de cavalinha e para que serve o chá de cavalinha.

Benefícios do chá de cavalinha e para que serve o chá de cavalinha:

Ajuda na perda de peso: O chá de cavalinha pode ajudar na redução de peso, pois ele tem ação diurética, essa ação fará com que não tenha retenção de líquidos e, em consequência, o inchaço diminui, principalmente na região do abdômen. Outro fator importante para o emagrecimento é que o chá de cavalinha é capaz de acelerar o metabolismo, o que leva o seu organismo a trabalhar mais rápido, queimando mais calorias e reduzindo as gorduras localizadas. Para o emagrecimento, o consumo do chá de cavalinha deve ser feito todos os dias, podendo tomar até 3 xícaras por dia. O ideal é tomar 30 minutos antes ou 2 horas depois das principais refeições (não tome em um intervalo menor, pois pode atrapalhar a absorção de nutrientes e vitaminas do seu corpo).

Melhora a pele: A cavalinha possui ação adstringente (limpa a pele, retirando os resíduos que não saem com o enxague comum), o que faz com que a sua pele fique mais bonita, livre de oleosidade, cravos e espinhas. Além disso, o chá de cavalinha melhora a elasticidade da pele, o que ajuda a combater a flacidez. A cavalinha tem propriedades antioxidantes, que ativam a circulação sanguínea, ajudando a combater a celulite (infecção do tecido subcutâneo).

Auxilia no crescimento dos cabelos e unhas: Por ser muito rica em sílica, a cavalinha contribui para a reparação dos tecidos, que ajudam a melhorar o crescimento dos cabelos e unhas. Além disso, a sílica presente no chá da cavalinha pode ser um ótimo aliado na prevenção da osteoporose.

Elimina piolhos e ácaros dos cabelos: O chá da cavalinha pode ser utilizado para eliminar piolhos e ácaros dos cabelos, basta fazer a infusão, deixar esfriar e enxaguar o cabelo com a bebida. O ideal é fazer esse processo 3 vezes por semana, para melhorar sua eficácia.

Trata eczemas e dermatites: Por ter propriedades adstringentes, o chá de cavalinha ajuda a regenerar o tecido machucado, sendo um ótimo aliado no tratamento para doenças de pele, como a dermatite e a eczema (inflamação aguda ou crônica da pele).

Tratamento da artrite e de outros problemas ósseos: Por conter sílica (mineral que ajuda a fixar o cálcio), o chá de cavalinha ajuda a reparar o tecido ósseo, sendo um ótimo aliado no tratamento de artrite e osteoporose.

Previne o surgimento de miopia e astigmatismo: O chá de cavalinha possui propriedades anti-inflamatórias, que se utilizadas em compressa podem baixar a tensão ocular, como no caso do glaucoma, além de prevenir o surgimento da miopia (dificuldade em enxergar objetos que estão longe) e astigmatismo (imperfeição na curvatura do olho).

Auxilia no tratamento de vaginite e vulvite: Para mulheres que sofrem com vaginite (inflamação das paredes da vagina) e vulvite (inflamação da vulva) podem utilizar a cavalinha como um remédio caseiro, basta lavar a região com om 50 g da erva seca por litro de água.

Hemorroidas: Basta utilizar o chá da cavalinha, frio ou morno, para lavar a região afetada. O chá irá desinflamar e reduzir o sangramento.

Elimina germes: O chá de cavalinha possui algumas enzimas em sua composição, que são eficazes para eliminar germes e parasitas do organismo, além de fortalecer o sistema imunológico.

O chá de cavalinha pode ser um ótimo remédio fitoterápico para:

Ácido úrico;

Celulite;

Pressão alta;

Cistite (inflamação da mucosa da bexiga);

Anemia;

Arteriosclerose (doença degenerativa da artéria, levando a um endurecimento da parede arterial);

Febre;

Frieiras;

Aftas;

Úlcera;

Tuberculose (doença infectocontagiosa, que pode atingir quase todos os tecidos do corpo);

Menstruação excessiva;

Dores de cabeça;

benefícios do chá de cavalinha

Estresse e ansiedade;

Pedra nos rins;

Pedra na vesícula;

Inflamação e edema (acúmulo anormal de líquido) na próstata;

Osteoporose (condição em que os ossos se tornam mais fracos e frágeis);

Afecções nos pulmões;

Obesidade;

Flacidez da pele e músculos;

Hemorragias nasais;

Problemas na bexiga;

Reumatismo (dor aguda ou crônica dos músculos e ossos).

No caso do tratamento do reumatismo é necessário realizar um banho com o chá de cavalinha, como mostra abaixo:

Coloque 3 punhados de talos secos de cavalinha dentro de uma banheira com água até a sua metade. A água deve permanecer em temperatura ambiente. A pessoa dever permanecer com o corpo mergulhado na água por cerca de 10 minutos. Em seguida pode tomar banho normalmente. O ideal é repetir esse procedimento uma vez por semana.

Por ter uma grande concentração de potássio, o recomendado é que quando haja o consumo do chá de cavalinha, a ingestão de água deve ser dobrada para evitar efeitos colaterais. No geral todos podem se beneficiar do consumo desta erva, porém mulheres grávidas ou que estão amamentando, crianças menores de 6 anos e pessoas com pressão baixa devem evitar o consumo desse chá. A cavalinha é também conhecida popularmente como cavalinha-dos-campos, cauda-de-cavalo e cola-de-cavalo.

Para pessoas com problemas renais o ideal é consumir até 3 xícaras por dia (coloque 1 colher de sopa de cavalinha em 1 xícara de água fervida, deixe a infusão abafada por 5 minutos, coe e beba ainda morno, ou até mesmo gelado).

Como preparar o chá de cavalinha?

Coloque 500 ml de água para ferver. Desligue a água e acrescente 2 colheres de sopa da erva picada e deixe a infusão abafada por 5 minutos. Coe e tome ainda morno ou frio.

O ideal é que não seja acrescentado nenhum açúcar ou adoçante para que os efeitos do chá não sejam interferidos. Assim como outros chás, o de cavalinha deve ser consumido no mesmo dia da infusão.

Assim como outras ervas, o chá de cavalinha pode ser muito benéfico para o organismo, desde que seja consumido regularmente e não ultrapasse a quantidade diária recomendada, para evitar efeitos colaterais. A cavalinha pode ser encontrada facilmente em lojas de produtos naturais, farmácias e supermercados. Essa erva é rica em flavonoides, vitamina C, silício, além de ter pequenas quantidades de cálcio, fósforo, potássio, ferro e sódio.

O consumo regular de todos os chás trazem benefícios para o nosso organismo, cada um possui propriedades específicas e basta escolher aquele que mais se encaixa nas suas necessidades. O chá de cavalinha é consumido há muitos anos para aliviar sintomas de diversas doenças, e hoje ela é muito procurada para auxiliar no processo do emagrecimento. Com uma dieta balanceada e exercícios físicos regulares, o chá de cavalinha pode ser um ótimo aliado e acelerar ainda mais a perda de peso.

Ler 3360 vezes
Daiane

Olá, meninas e meninos. Atuo na área de beleza, saúde e bem estar há mais de 10 anos. Estou muito feliz por desenvolver esse projeto a respeito de emagrecimento para compartilhar minhas experiências, as de amigos e clientes com vocês. Por um período de minha vida tive muitos problemas com o excesso de peso, por este motivo adquiri muito conhecimento e sei o caminho do sucesso. Compilei esse conhecimento neste site para que você também atinja seus objetivos como eu atingi, porém com muito mais facilidade e agilidade. Beijinhos.

Entre para postar comentários