Chá Verde com Gengibre Emagrece Mesmo? Saiba a verdade Aqui

O consumo de chás é muito comum entre as pessoas, principalmente aquelas que desejam eliminar alguns quilinhos extras.

Um dos chás mais procurados para quem deseja emagrecer é o chá verde. E de uns tempos pra cá algumas pessoas vem incluindo o gengibre na preparação desse chá para intensificar ainda mais a perda de peso. Mas será que essa receita realmente ajuda a emagrecer?

O chá verde é feito a partir da infusão da planta Camellia Sinensis e é chamado de verde, pois suas folhas sofrem pouca oxidação durante seu processamento, diferente de outras ervas. O chá verde possui um sabor forte e vem ganhando popularidade no Brasil há alguns anos, entretanto na China e no Japão seu consumo já é muito tradicional durante as refeições e no dia a dia dos orientais.

O chá verde possui diversos benefícios para a saúde do organismo:

Antioxidante: O chá verde é rico em flavonoides, como a catequina, epicatequina, epicatequina galato (ECG), epigalocatequina galato (EGCG), pro-antocianidinas, conhecidos como antioxidantes.

Previne o envelhecimento precoce: O chá verde impede que os raios Ultra Violetas danifiquem a pele, além de combater os radicais livres aumentando a proteção contra os raios solares. Além disso, o chá verde possui antioxidantes que evitam o surgimento de manchas, rugas e sinais de expressão, evitando assim o envelhecimento precoce da pele.

Previne e auxilia no tratamento da diabetes: Esse chá regula o nível de glicose no sangue, reduz a taxa de aumento do nível de açúcar, proporcionando um funcionamento melhor do pâncreas que estimula a produção de insulina.

Outros benefícios do chá verde:

Reduz a pressão arterial;

Reduz os sintomas da asma, estresse e herpes;

Aumenta a densidade óssea;

Protege o corpo contra infecções de garganta;

Previne cárie;

Auxilia no tratamento de tumores;

Evita a hipoglicemia;

Estimula o bem-estar e melhora o humor;

Previne o colesterol alto;

Evita o entupimento das artérias, o que ajuda a prevenir diversas doenças cardíacas, como o infarto;

Ajuda no tratamento de infecções;

Ajuda a aliviar os sintomas de uma intoxicação alimentar.

Um dos benefícios mais conhecidos do chá verde é auxiliar no emagrecimento, por diversos motivos, como:

Acelerar o metabolismo: O chá verde é conhecido por ser termogênico, que aumenta o calor corporal e leva o corpo a queimar mais calorias, acelerando o metabolismo. Em um artigo publicado em 2011 no jornal científico Obesity Reviews foi informado que os polifenois do chá reduzem a ação de uma enzima, dessa forma agindo junto com a cafeína e aumentando sua ação de termogênese e a oxidação das gorduras. O primeiro mecanismo faz com que o metabolismo funcione mais rápido, queimando mais calorias e evita que ela se torne gordura e se acumule. Já o último faz com que a gordura localizada seja utilizada pelo corpo.

Aumenta a saciedade: O chá verde possui catequinas (fitonutriente da família dos polifenóis), que interagem com os receptores da leptina, que é o hormônio responsável pela saciedade do nosso organismo.

Mas e o chá verde com gengibre, realmente ajuda a emagrecer?

O chá verde combinado com o gengibre pode sim auxiliar no processo do emagrecimento, pois ambos possuem propriedades termogênicas que aumentam a temperatura do corpo, o que gera um maior gasto energético, resultando assim na perda de peso. Além de que ambos têm ação anti-inflamatória que ajudam a evitar o surgimento de celulites. O ideal, para que o chá faça efeito, é que a pessoa que deseja emagrecer adote hábitos mais saudáveis, pois apenas o chá não consegue fazer milagres. É importante uma dieta balanceada, com frutas, legumes, verduras, sementes e alimentos naturais e evitar ao máximo alimentos industrializados, frituras, gordura, doces, balas e refrigerantes. É fundamental também a prática de exercícios físicos regulares, sempre prestando atenção nos limites do corpo para evitar lesões.

O gengibre é indicado para pessoas que desejam realizar uma desintoxicação do organismo, é anti-inflamatório, anticoagulante (evita a coagulação do sangue), antioxidante, bactericida (elimina bactérias), ajuda a tratar o reumatismo, dores de estômago, enxaquecas, gripes, resfriados, vômitos, náuseas, cólera e doenças nervosas. Além de ser um ótimo aliado para combater e tratar inflamações da garganta, asma e bronquite. Essa raiz possui vitamina B6, assim como potássio, magnésio e cobre.

Além de ser um relaxante natural, o gengibre hidrata o corpo e ajuda a eliminar as toxinas, ajuda no tratamento de tosses, alivia a constipação, estimula a digestão, age como um tônico cardíaco, além de ajudar a queimar calorias pelo seu efeito termogênico.

Com uma dieta balanceada, exercícios físicos regulares e o consumo diário do chá verde com gengibre, conquistar o corpo ideal será ainda mais fácil. O chá é um impulsionador no emagrecimento, ajudando o seu metabolismo a trabalhar melhor e mais rápido, o que levará à perda de peso. Metabolismo lento é muito comum, principalmente devido ao estilo de vida sedentário das pessoas, o que irá levar ao aumento de peso. Para manter um metabolismo trabalhando bem é importante o consumo de alimentos termogênicos, que elevam a temperatura do corpo. Existem diversos alimentos que são termogênicos, como o gengibre e o chá verde.

Modo de preparo do chá:

Coloque 1 litro de água para ferver junto com 1 colher de sopa de gengibre picado, após a água ferver adicione 2 colheres de sopa da erva, abafe por 10 minutos e depois coe.

O ideal é o consumo ser feito no mesmo dia do preparo, para evitar que o chá perca as propriedades nutritivas.

Para a perda de peso evite utilizar açúcares e adoçantes, pois ao invés de auxiliar no emagrecimento pode agravar o aumento de peso.

É importante também evitar o consumo desse chá no período da noite, pois o chá verde possui uma quantidade razoável de cafeína. O ideal é que o consumo seja feito até às 18h00min para que não interfira no sono. Você pode tomar o chá verde com gengibre ao longo do dia, mas de preferência para tomar 30 minutos antes ou 2 horas depois das refeições para que não haja nenhuma interferência na absorção de nutrientes e vitaminas. Você ainda pode incluir um pau de canela, que é outro alimento termogênico, no preparo do chá verde com gengibre para intensificar ainda mais a aceleração do metabolismo.

O chá verde, apesar de trazer muitos benefícios para o organismo, possui algumas contraindicações: Gestantes não devem fazer uso da bebida termogênica, pois ele dificulta o fluxo de sangue que vai para a placenta, prejudicando o desenvolvimento do feto, quem sofre com hipotireoidismo também não deve tomar chá verde porque aumenta a produção de hormônios da tireoide, hipertensos (pessoas que tem pressão alta), pessoas com gastrite, pessoas com glaucoma (lesão do nervo óptico) e quem usa remédios estimulantes do sistema nervoso simpático também devem evitar o chá verde.

Como outros chás, o chá verde auxilia no bom funcionamento do organismo, pois tem ação diurética, que evita o inchaço, principalmente na região do abdômen, além de favorecer o bom funcionamento do intestino. Todos os chás devem ser consumidos regularmente para apresentar resultados, e o chá verde com gengibre não é diferente. O recomendado é 1 litro de chá por dia, distribuídos em pequenas porções, o que ajuda a manter a sensação de saciedade e reduzir o consumo de calorias extras. Porém é necessário que seja consumido com cautela para evitar efeitos colaterais, como insônia, agitação, dores de cabeça, dores no estômago (evite o consumo do chá em jejum para que o ácido do estômago não aumente), azia e deficiência do ferro. Todos esses efeitos colaterais só irão ocorrer se for consumido mais do que o recomendado, portanto é necessário ficar atento para evitar problemas de saúde.

Mesmo que o chá verde com gengibre faça bem para a sua saúde (é rico em minoácidos, vitaminas B, E, C, cálcio, magnésio, zinco, potássio e ferro, além de flavonóides, que fazem bem para circulação sanguínea.) e auxilie no emagrecimento, não deve ser utilizado como substituto da água, pois possui grandes quantidades de cafeína.

Segundo uma pesquisa feita pelo American Journal of Clinical Nutrition, o chá verde tem o poder de aumentar em 4% a queima de gordura corporal em indivíduos que ingerem a quantidade estipulada pela American Dietetic Association (ADA): 4 a 7 xícaras diárias, que é em torno de 1 litro. Os chás de sachês e o efervescente possuem as mesmas substâncias que existem nas folhas da erva Camelia sinensis, mas em concentrações diferentes da erva natural, que é mais potente. O ideal é que sejam utilizadas folhas frescas, que possuem maior potencial de ação, por serem mais concentradas.

Adicionar leite e açúcares não cortam os efeitos do chá, porém a adição desses alimentos pode camuflar a ação das propriedades do chá, que pode levar a pessoa a consumir mais do que deveria, podendo inclusive desenvolver alguns efeitos colaterais da erva. No caso do emagrecimento, o açúcar já não deve estar presente na dieta, por isso o ideal é que o chá seja consumido o mais natural possível.

Ler 5113 vezes
Daiane

Olá, meninas e meninos. Atuo na área de beleza, saúde e bem estar há mais de 10 anos. Estou muito feliz por desenvolver esse projeto a respeito de emagrecimento para compartilhar minhas experiências, as de amigos e clientes com vocês. Por um período de minha vida tive muitos problemas com o excesso de peso, por este motivo adquiri muito conhecimento e sei o caminho do sucesso. Compilei esse conhecimento neste site para que você também atinja seus objetivos como eu atingi, porém com muito mais facilidade e agilidade. Beijinhos.

Entre para postar comentários